Autor: luizguilhermeguedes

| guedesonline.com | @guedesonline |
"No Ocidente, a divindade geralmente é vista como um ser pessoal, criador e fonte de tudo o que existe. Já no Oriente, a divindade é vista como impessoal e a criação, como algo imanente – ela não é somente a fonte, como o veículo das energias que formam o mundo. Isto significa que mesmo uma pedra ou um galho partido estão preenchidos pelo Tao. Para os místicos taoistas, o Tao não somente gerou tudo, como está em tudo, inclusive neste momento." (from "Tao Te Ching: O Livro do Caminho e da Virtude" by Lao Tse, Rafael Arrais)